2022-04-29

Estaremos condenados à desigualdade?

Thomas Piketty apresenta, num livro imperdível, uma versão surpreendentemente otimista da progressão da humanidade rumo à igualdade.

Partilhar:

Uma Breve História da Igualdade documenta de forma excecional o crescimento económico e o progresso moral que a humanidade experienciou ao longo dos últimos três séculos. Thomas Piketty é o economista que melhor estuda a desigualdade a nível mundial e Uma Breve História da Igualdade é a introdução perfeita às ideias que desenvolveu nos seus anteriores e monumentais livros.

 

A Temas e Debates publica esta poderosa obra onde Piketty nos guia com elegância e concisão pelos grandes movimentos que, para o melhor ou para o pior, moldaram o mundo moderno. O reputado economista francês mostra que a marcha acidentada para a igualdade é uma luta política e ideológica. Precisamos de aprender a conhecer o que comprovadamente funciona para conseguirmos transformar os sistemas institucionais, jurídicos, sociais, fiscais e educativos. Só assim a igualdade poderá ser uma realidade duradoura.

 

Uma Breve História da Igualdade é um livro que traz para cima da mesa a pergunta: estamos a fazer o melhor que sabemos? Thomas Piketty claramente responde que não. Em jogo estão a vida de milhares de milhões de pessoas e o futuro delas dependerá das transformações que forem feitas agora. Resistindo à amnésia histórica, Piketty relembra os grandes movimentos que moldaram o mundo: o crescimento do capitalismo, o imperialismo, a escravatura, as guerras e a construção do estado-providência. Ainda que seja uma luta pontuada de retrocessos, as sociedades humanas têm avançado para uma distribuição mais justa de rendimentos e ativos e para uma redução das desigualdades raciais e de género.

 

Esther Duflo, Prémio Nobel da Economia, descreve Uma Breve História da Igualdade como «um apelo veemente à ação e à reflexão». Uma obra que chama a atenção para a necessidade urgente da transformação e para a reinvenção de um vasto número de instituições de forma a garantir que construímos uma sociedade que prima pela igualdade.

 

«Não existe um historiador da desigualdade global com maior impacte do que Piketty. Esta obra é uma síntese das importantes conclusões do seu trabalho até hoje – um recurso valioso para todos os que lutam para construir uma economia que seja impulsionada pela criação de valor para todos e não pela extração de valor para poucos.» Mariana Mazzucatto, autora de Economia de Missão e O Valor de Tudo

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK