A Fome (eBook)

Formatos disponíveis
15,99€ I
12,79€ I
-20%
COMPRAR
-20%
15,99€ I
12,79€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO
I Disponibilidade Imediata
I EBOOK PARA BIBLIO READER

SINOPSE

Na procura dos mecanismos que estão na origem da inanição em massa e da luta contra ela, Martín Caparrós derruba barreiras geográficas e históricas, o que torna este livro não só uma análise crítica da história da fome mas também uma viagem a diferentes regiões do mundo, das mais pobres a algumas das mais ricas: o Níger, a Índia, o Bangladeche, a Argentina, Madagáscar, o Sudão do Sul e os Estados Unidos da América. «Se o leitor ou a leitora se der o trabalho de ler este livro, se se entusiasmar e o ler em - digamos - oito horas, nesse intervalo terão morrido de fome 8000 pessoas: 8000 são muitas pessoas. Se não se der esse trabalho, essas pessoas terão morrido na mesma, mas terá a sorte de não ter sabido disso. Ou seja, provavelmente, talvez prefira não ler este livro. Talvez eu fizesse a mesma coisa. Em geral, é melhor não saber quem são as pessoas que morreram nem como nem porquê. (Mas, se leu este breve parágrafo em meio minuto, fique a saber que, nesse tempo, só morreram de fome entre oito e dez pessoas no mundo - e respire de alívio.)»
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

A Fome (eBook)
ISBN: 9789896444037
Edição/reimpressão: 03-2016
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000527
Idioma: Português
Páginas: 648
Tipo de Produto: eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Política
Martín Caparrós nasceu em Buenos Aires em 1957. Como jornalista, iniciou-se no jornal Noticias em 1973. Entre 1976 e 1983 viveu em Paris (onde se licenciou em História) e em Madrid. Nos últimos trinta anos trabalhou na imprensa, rádio e televisão. Publicou os romances Ansay o los infortunios de la gloria (1984), No velas a tus muertos (1986), El tercero cuerpo (1990), La noche anterior (1990), La Historia (1999), Un dia en la vida de Dios (2001), as crónicas Larga distancia (1992), Dios Mío (1994) e La guerra moderna (1999); os ensaios de La patria capicúa (1995), edições críticas sobre dois textos de Voltaire: L'Ingénu e Philosphie de l'Histoire/i>, e sobre o Plano revolucionário de operações de Mariano Moreno. Também publicou uma tradução em verso de Romeu e Julieta, os três volumes da La voluntad, Una historia de la militancia revolucionaria en la Argentina 1966-1978 (1997/98) e os textos de Extinción, últimas imégenes del trabajo en la Argentina (em colaboração com Dani Yako, 2001), Qué País, Informe urgente sobre la Argentina que viene (2002), Bingo! (2003) e Amor y anarquía (2003).
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK