A Internacionalização da Economia Portuguesa

A Internacionalização da Economia Portuguesa

ISBN:9789896444587
Edição/reimpressão:09-2017
Editor:Temas e Debates
Código:000281000589
ver detalhes do produto
18,80€
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
18,80€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

«A economia portuguesa tem vivido, após a adesão à União Europeia, um processo crescente de internacionalização. As empresas a laborar em Portugal continuam a trabalhar bem, a desenvolver novos processos de produção, com incorporação tecnológica e impacto transversal na indústria. Verifica-se uma crescente integração nas cadeias de produção global, sendo previsível o crescimento da internacionalização nos próximos anos.

A história deste processo de internacionalização da economia portuguesa, nos seus aspetos mais importantes, é o tema deste livro, iniciativa de professores e investigadores do ISCTE-IUL, e que é uma referência para aqueles que se interessam por esta temática, e pretendam compreender como esta tem sido importante para o desenvolvimento e crescimento económico.»
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

A Internacionalização da Economia Portuguesa
ISBN:9789896444587
Edição/reimpressão:09-2017
Editor:Temas e Debates
Código:000281000589
Idioma:Português
Dimensões:149 x 232 x 26 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:432
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Economia, Finanças e Contabilidade > Economia

sobre os autores

Investigadora e docente convidada do ISCTE-IUL para as áreas de negócios internacionais, cross-culture e location in internationalization strategy.
É doutorada em História pela FCSH-UNL, com especialização em interculturalidade e relações internacionais.
Consultora internacional, elabora análises e pareceres políticos e económicos da zona WANA (Ásia Ocidental e Norte de África) para entidades governamentais, empresas e ONG.
Ver Mais
Nuno Crespo nasceu em Lisboa em 1975, cidade onde vive e trabalha. É licenciado e doutorado em filosofia pela Faculdade de Ciência Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e é investigador do Instituto de História da Arte.
É crítico de arte e membro do conselho editorial do Ípsilon (suplemento cultural do jornal Público). A sua actividade de investigação tem sido dedicada, principalmente, ao cruzamento entre arte, arquitectura e filosofia, e a autores como Kant, Wittgenstein, Walter Benjamin, Peter Zumthor e Adolf Loos. De entre as suas publicações podem destacar-se trabalhos sobre Adriana Molder, Axel Hütte, Bernd e Hilla Becher, Candida Höffer, Daniel Blaufuks, Fassbinder, Gerhard Richter, Luísa Cunha, Miguel Ângelo Rocha, Nuno Cera, Rui Chafes, Vasco Araújo, entre outros, bem como o livro Wittgenstein e a Estética (Assírio & Alvim).
Fez parte do colectivo de comissários do Prémio EDP – Novos Artistas (2006-2011) e BESPhoto (2007-2009).
Como curador, foi responsável, entre outras, pelas exposições «Fantasmas», de Nuno Cera (CCB) , «Corpo Impossível», com Adriana Molder, Noé Sendas, Rui Chafes e Vasco Araújo (Palácio de Queluz), «Encontro Marcado», de Adriana Molder (Museu de Belas Artes de Oviedo, Espanha), pela exposição antológica de Pires Vieira no Museu da Cidade de Lisboa, «Imponderável», de Miguel Ângelo Rocha, «Involucão», de Rui Chafes (Casa-Museu Teixeira Lopes), «Serralves», de João Luís Carrilho da Graça (AppletonSquare), «Fragmentos. Arte Contemporânea na Colecção Berardo» (Museu de Arte Contemporânea de Elvas), «Aires Mateus. Voids» (AppletonSquare), entre outras.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK