Amílcar Cabral e o Fim do Império

Independências da Guiné-Bissau e Cabo Verde

A biografia do ideólogo e líder do PAIGC
ISBN: 9789896448318
Edição/reimpressão: 02-2024
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000965
ver detalhes do produto
22,20€ I
19,98€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
22,20€ I
19,98€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Neste estudo de História, Direito e Política, mostra-se como Amílcar Cabral e o PAIGC dirigiram os processos de independência da Guiné-Bissau e de Cabo Verde, foram fontes principais do direito internacional das descolonizações tardias e agentes determinantes do fim do império colonial português.

Amílcar Cabral destacou-se não só pelo modo como definiu e enfrentou a luta contra o colonialismo português e a construção da unidade nacional da Guiné-Bissau e Cabo Verde numa perspetiva pan-africana, como pela diplomacia que desenvolveu em África, na Europa, nos países comunistas, nos Estados Unidos e, sobretudo, em variadas sessões da ONU e da OUA.

O PAIGC foi uma criação sua, inicialmente como movimento nacionalista com o objetivo de alcançar, por via pacífica, a independência; após o desencadeamento da luta armada em 1963, tornou-se o mais importante de todos os movimentos de libertação nacional.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Amílcar Cabral e o Fim do Império
ISBN: 9789896448318
Edição/reimpressão: 02-2024
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000965
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 235 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 488
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > História > História da África
António Ernesto Duarte Silva (Arouca, 1944), licenciado e mestre em Direito. Assistente do ISCTE (1973-1978) e da Faculdade de Direito de Lisboa (1975-1987). Técnico Superior e Diretor de Serviços do Tribunal Constitucional (1983-2014). Assessor Científico da Faculdade de Direito de Bissau (1991 e 1995-1996). Professor Auxiliar Convidado do Departamento de Estudos Políticos da FCSH da Universidade Nova de Lisboa (2000-2012). É autor de numerosos artigos e dos seguintes livros: (Porto: Afrontamento, 1997); Amílcar Cabral – Documentário/Textos políticos e culturais (apresentação e organização) (Lisboa: Edições Cotovia, 2008); Invenção e Construção da Guiné-Bissau (Coimbra: Almedina, 2010); O Império e a Constituição Colonial Portuguesa (Lisboa: Imprensa de História Contemporânea, 2019); Carlos Teixeira da Mota – O primeiro diplomata português em Luanda (junho de 1975-maio de 1976) (org.) (Lisboa: Tinta-da-china, 2020).
Ver Mais