Catarina de Áustria

Formatos disponíveis
18,80€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
18,80€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Envio até 4 dias
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Filha mais nova de Joana de Castela e de Filipe, o Belo, Catarina era o fruto de uma união dinástica que reuniu a Casa Real de Espanha com as dinastias borgonhesa e de Habsburgo. Mulher culta e inteligente, teve um casamento feliz com D. João III e governou Portugal como rainha consorte e como regente por mais de cinquenta anos. Catarina de Áustria era uma estadista dotada, uma filantropa e uma grande colecionadora de arte. A sua coleção de arte asiática incluía mais objetos não europeus do que qualquer outra coleção contemporânea anterior ao século XVI.

A ela se deve também a conclusão da atual capela-mor do Mosteiro dos Jerónimos. Tal como era esperado de uma rainha consorte, deu à luz um herdeiro da Coroa e vários príncipes reais. Contudo, os seus nove filhos não lhe sobreviveram.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Catarina de Áustria
ISBN: 9789896444334
Edição/reimpressão: 01-2017
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000560
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 234 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 280
Tipo de Produto: Livro
Annemarie Jordan é investigadora do Centro de História d'Aquém e d'Além-Mar (CHAM, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa) em Lisboa e na Suíça, desde 2010. Doutorada em 1994 pela Brown University, a sua dissertação centrou-se na corte e na coleção de Catarina de Áustria, rainha de Portugal (1507-1578). Entre as suas áreas de especialização incluem-se o mecenato, o colecionismo, de objetos exóticos e de animais, e as Kunstkammern nas cortes de Portugal, Espanha, Áustria e Países Baixos durante o Renascimento. É autora de inúmeras publicações, entre as quais se destacam Retrato de corte em Portugal: O legado de António Moro (1552­-1572) (Lisboa, 1994) e The Story of Süleyman. Celebrity Elephants and other Exotica in Renaissance Portugal (Zurique-Filadélfia, 2010). Teve a seu cargo a curadoria de uma exposição internacional no Museu Rietberg (Zurique) intitulada Ivories of Ceylon. Luxury Goods of the Renaissance (2010), o que levou o governo português a distingui-la em 2011 com a Ordem do Infante D. Henrique.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK