Contos da Infância e do Lar

Contos da Infância e do Lar

ISBN: 9789896441852
Edição/reimpressão: 03-2012
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000302
ver detalhes do produto
19,90€ I
15,92€ I
-20%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
19,90€ I
15,92€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO
I Esgotado ou não disponível
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 6º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

Os Contos da Infância e do Lar, de Jacob e Wilhelm Grimm, são a obra de língua alemã mais traduzida e editada no mundo. Publicada pela primeira vez em Berlim em 1812 e em 1815, foi crescendo em popularidade ao longo do século XIX, consagrando-se como um dos tesouros da cultura popular alemã e europeia.

Os três volumes da presente edição compreendem duzentos contos, dez lendas religiosas infantis, um apêndice com outros vinte e oito contos não incluídos na última edição em vida dos autores (1856-57), um conjunto de seis fragmentos de contos e um longo capítulo que inclui bibliografia relevante citada pelos autores nas suas notas e considerações gerais sobre diversas tradições nacionais, assim como uma reflexão final sobre a relação dos contos populares com a mitologia.

Esta é a primeira edição integral em língua portuguesa com tradução, introdução e notas de Teresa Aica Bairos e coordenação científica de Francisco Vaz da Silva.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Contos da Infância e do Lar
ISBN: 9789896441852
Edição/reimpressão: 03-2012
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000302
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 234 x 29 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 532
Tipo de Produto: Livro
Jacob Grimm e Wilhelm Grimm nasceram em Hanau, Alemanha, no final do século XVIII.
Ambos estudaram Direito, tal como o seu pai, mas depressa se começaram a interessar pela Literatura. Dedicaram-se então à História e à Linguística. A coletânea de contos populares germânicos, que os tornou conhecidos, foi publicada entre 1811 e 1812.
Wilhelm Grimm morreu a 16 de dezembro de 1859. Jacob Grimm continuou a trabalhar na obra deles até morrer a 20 de setembro de 1863.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK