Vida, a Grande História

A grandiosa viagem da vida, desde o seu aparecimento na Terra até hoje, contada por um dos seus maiores conhecedores.
Formatos disponíveis
24,40€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
24,40€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Há cerca de 4 mil milhões de anos a vida apareceu na Terra.
Qual é a história da sua evolução? Seria inevitável a vida? E a espécie humana? Teria existido outro ser inteligente, se os humanos não tivessem surgido? Que padrões utiliza o mecanismo evolutivo? A evolução avançará como uma seta, para diante? A partir de perguntas como estas, e das diversas respostas científicas que lhes têm sido dadas ao longo dos anos, o autor traça uma verdadeira história da vida que culmina na mais antiga interrogação sobre o significado da humanidade: porque estamos aqui?

A grandiosa viagem da vida, desde o seu aparecimento na Terra até hoje, contada por um dos seus maiores conhecedores.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«O mais ambicioso dos livros sobre a teoria evolutiva de Juan Luis Arsuaga, um reputado especialista na história do Homo sapiens e dos seus antepassados.»
El País

«Esta obra propõe-nos uma síntese perfeita da evolução da vida no planeta, incluindo a humana, adequada a qualquer pessoa interessada no tema com conhecimentos mínimos sobre a matéria.»
Revista Mètode, Universidade de Valência

DETALHES DO PRODUTO

Vida, a Grande História
ISBN: 9789896446543
Edição/reimpressão: 05-2021
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000781
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 233 x 34 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 580
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Antropologia
Juan Luis Arsuaga Ferreras, nascido em Madrid em 1954, é licenciado e doutor em Ciências Biológicas pela Universidade Complutense de Madrid e catedrático de Paleontologia na mesma universidade. Em 8 de abril de 1993 foi capa da revista Nature pelo artigo sobre a descoberta, em 1992, do crânio humano mais completo do registo fóssil da Humanidade: o crânio número 5, que é o crânio do Homo heidelbergensis. Membro da Equipa de Investigação dos Jazigos Pleistocénicos da Sierra de Atapuerca (Burgos, Espanha) desde 1982, sob a direção de Emiliano Aguirre Enríquez, e desde 1991 codiretor com José María Bermúdez de Castro e Eudald Carbonell de Castro da equipa que foi galardoada com o Prémio Príncipe de Astúrias de Investigação Científica e Técnica de 1997 e com o Prémio Castilla y León de Ciências Sociais e Humanidades de 1997. É diretor do Museu da Evolução Humana de Burgos, membro da Academia Nacional de Ciências dos EUA e conferencista nas universidades de Londres, Cambridge, Zurique, Roma, Arizona, Filadélfia, Berkeley, Nova Iorque e Telavive.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK