A Filha Rebelde

A Filha Rebelde

ISBN: 9789896447526
Edição/reimpressão: 08-2022
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000888
ver detalhes do produto
17,70€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
17,70€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Aos 30 anos de idade, em Outubro de 1965, Annie Silva Pais, filha única do director da PIDE, toma uma decisão considerada ultrajante para o pai e para o regime português: abandona o marido, a família, os amigos e o país para se entregar à revolução cubana. Desaparece durante três meses. No Portugal de Salazar teme-se que tenha sido raptada para ser utilizada como arma no contexto da luta anticolonial.

Quando reaparece, Annie revela uma ardente paixão por Che Guevara, enamora-se do médico pessoal de Fidel Castro, e estabelece uma prolongada relação com o ministro do Interior, José Abrantes. Tradutora e intérprete de Fidel, Annie só regressa a Portugal após o 25 de Abril, para ir visitar o pai à prisão de Peniche…

7.ª edição desta obra distinguida com o Grande Prémio Gazeta de 2002, com novo posfácio dos autores.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Estamos perante um jornalismo de investigação histórica de grande interesse para o historiador.»
Luís Reis Torgal, historiador

 «Um livro fascinante.»
António Monteiro, embaixador «Um livro que desafia a condição mais elementar do jornalismo: a da perenidade.»
Sara Belo Luís, revista Visão

DETALHES DO PRODUTO

A Filha Rebelde
ISBN: 9789896447526
Edição/reimpressão: 08-2022
Editor: Temas e Debates
Código: 000281000888
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 236 x 24 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 312
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Biografias

sobre os autores

José Pedro Castanheira nasceu em Lisboa em 1952 e é jornalista profissional desde 1974. Tem formação em Economia e uma pós-graduação em Jornalismo. Foi jornalista e chefe de redação do diário A Luta, coordenou um gabinete de grande reportagem e investigação no semanário O Jornal e integrou durante 28 anos os quadros do semanário Expresso, de que foi repórter principal. Tem-se dedicado à grande reportagem e ao jornalismo de investigação, em particular sobre a história recente de Portugal e das ex-colónias. Ganhou alguns dos mais prestigiados prémios de jornalismo atribuídos em Portugal. É autor de mais de uma dezena de livros, com destaque para: Quem Mandou Matar Amílcar Cabral? e Jorge Sampaio. Uma Biografia.
Ver Mais
Valdemar Cruz é jornalista profissional desde 1976, tendo iniciado a sua atividade no jornal O Diário. Desde então tem colaborado com diversas publicações nacionais e estrangeiras. Nas últimas três décadas fez parte da redação do semanário Expresso. Várias vezes premiado, foi em 2002 galardoado com o Grande Prémio Gazeta de Jornalismo, a mais importante distinção do jornalismo português, pela coautoria, com José Pedro Castanheira, da reportagem «A Filha Rebelde», publicada na Revista do semanário Expresso. É autor de Histórias Secretas do Atentado a Salazar e O Que a Vida Me Ensinou, publicados pela Temas e Debates, entre outros livros.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK