2020-09-03

O novo livro de Irene Flunser Pimentel promete dissipar todas as dúvidas sobre o Holocausto e o papel de Portugal nesse terrível acontecimento

Partilhar:

Da conceituada historiadora Irene Flunser Pimentel, chega às livrarias no próximo dia 11 de setembro Holocausto, uma investigação exaustiva e detalhada sobre a Shoá e também do papel de Portugal face a esse medonho acontecimento da história da humanidade. Um livro sobre os horrores do extermínio de milhões de inocentes com a complacência dos cidadãos de vários países, para que a história não se repita.

 

Apesar de ser um dos assuntos mais estudados a nível internacional, em Portugal o tema do Holocausto, ou Shoá, ficou submerso num limbo – devido à ditadura de Salazar e à sua política de neutralidade durante a Segunda Guerra Mundial. Depois do 25 de Abril começou-se a investigar mais o tema, mas sempre com a diplomacia portuguesa e os refugiados que passaram por Portugal como objeto de estudo. Nesta obra de Irene Flunser Pimentel, é abordado o papel do nosso país e são esclarecidas muitas das dúvidas que ainda persistem sobre o Holocausto. Dividido em duas partes, o livro primeiro faz uma contextualização histórica da Shoá – os seus antecedentes, a sua linguagem, como foi visto pela comunidade internacional –, para depois se focar em Portugal, no Estado Novo, na política externa de Salazar e na opinião do público português sobre a guerra e o extermínio de milhões de inocentes às mãos dos nazis.

 

Irene Flunser Pimentel apresenta uma obra essencial, para historiadores, leitores curiosos e todos aqueles que querem saber mais e melhor sobre o Holocausto.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK